Menu

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Jovens da Igreja Batista da Lagoinha cheiram a Bíblia em foto como forma apoio ao pastor Lucinho

Jovens da Igreja Batista da Lagoinha cheiram a Bíblia em foto como forma apoio ao pastor Lucinho
A foto do pastor Lucinho, da Igreja Batista da Lagoinha, cheirando a Bíblia em gesto similar ao de usuários de cocaína está alimentando uma série de reações na internet e outras mídias. Além de várias manifestações de repúdio por sua atitude, entre elas a do apresentador José Luiz Datena, que afirmou que a atitude do pastor é um profanação do livro sagrado, Lucinho tem recebido também várias manifestações de apoio.


Como forma de apoiar o pastor, vários jovens de sua igreja publicaram fotos nas redes sociais imitando seu polêmico gesto de cheirar a Bíblia. Vários jovens alteraram as fotos de seus perfis no Facebook e Twitter, colocando uma foto em que aparecem cheirando a Bíblia, e o pastor publicou em seu Twitter uma imagem em que cerca de 50 jovens da igreja reproduzem coletivamente o gesto.
O apoio ao pastor Lucinho tem surgido também de outros líderes evangélicos e de blogueiros, que defendem a foto como uma forma de divulgar o evangelho. Também pelo Twitter, a pastora Karine, de Campo Grande (MS), afirmou que a polêmica em torno da foto está servindo como forma de “unir a juventude do país”.
Já a blogueira Vivian, do blog “Living for Your Glory”, publicou um texto no qual afirma: “Eu cheiro a Bíblia e digo mais: Você também deve cheirar a Bíblia!!”. No texto, feito em apoio ao pastor, ela descreve os efeitos do uso da cocaína, e traça um paralelo entre a relação do dependente de drogas com a cocaína e o “usuário da Bíblia”, como descreveu em seu texto.
- Eu desejo ser um ser vivo que precisa respirar a Biblia 24 horas por dia, porque ela faz parte de processos vitais em mim! Preciso dela quando estou bem, quando estou mal, quando estou feliz, quando estou doente – afirmou a blogueira, comparando também a Bíblia ao processo vital da respiração.
Redação Gospel+

Nenhum comentário: